Benefícios do Chocolate Meio Amargo, Confira Já

O chocolate é uma guloseima  que todo mundo gosta, não é mesmo?

Porém, pouca gente se dá conta dos perigos que esse alimento pode apresentar para a saúde quando ingerimos o doce em excesso e quando se trata do chocolate processado que traz mais açúcar e outros aditivos químicos e quase nada de cacau como principal ingrediente.

Em nossos dias, os fabricantes de chocolate preferem substituir a manteiga de cacau que tem um valor bem elevado por gorduras hidrogenadas que tem um valor mais em conta.

Além disso, acrescentam mais açúcar e ainda incluem o leite na receita o que resulta em um alimento muito gostoso, porém pouco ou quase nada saudável.

Qual chocolate faz bem

Para o bem de nossa saúde, o tipo de chocolate que podemos ingerir é aquele que apresenta pelo menos 70% de cacau, conhecido como chocolate  amargo, pois traz menos açúcar receita e também alguns nutrientes necessários para o organismo. Mas por esse ser mais indigesto, podemos afirmar também que o chocolate meio amargo também é aconselhável, pois este tem no minimo 40% de cacau e também não tem tanto açúcar.

 

Quantidade Certa

Para que esse alimento possa ser de fato benéfico para a saúde, é preciso usar com moderação. Segundo os especialistas, a quantidade diária de chocolate meio amargo para não causar danos a saúde é de 30 gramas, não mais que isso. Apesar de oferecer muitos nutrientes ao organismo, o consumo em excesso pode provocar distúrbios gastrointestinais como náuseas, vômitos e até mesmo diarreia, sem contar que pode provocar um ganho de peso bem preocupante.

chocolate meio amargo 480x235 - Benefícios do Chocolate Meio Amargo, Confira Já

Precisamos entender que 30 gramas de chocolate meio amargo oferece em média 120 calorias, o que certamente pode influenciar para  ganho de peso se ingerido regularmente. Para que isso não aconteça, o correto é ingerir esse alimento logo pela manhã, pois dessa forma, durante as atividades do dia a dia, com certeza vai dar tempo de queimar essas calorias sem oferecer riscos a saúde transformando-se em gordura acumulada.

Informação Nutricional

Os benefícios do chocolate meio amargo só são possíveis pelo fato de esse alimento ser rico em sais minerais e vitaminas, que são mais do que necessários para a saúde do organismo. Entre os nutrientes que ele apresenta em sua composição podemos destacar:

Cálcio, ferro, fósforo, magnésio, selênio, potássio, sódio, zinco, vitamina C, niacina, tiamina, riboflavina. Tem também os flavonoides, teobromina e outras propriedades que fazem desse alimento um grande aliado da saúde, desde que não seja ingerido em excesso.

Benefícios para o Coração

Por conta de algumas propriedades encontradas no chocolate meio amargo, o consumo moderado desse alimento traz benefícios para o coração.

Entre essas propriedades, podemos citar os agentes anti-inflamatórios que funcionam como Antioxidantes  e também o ácido esteárico que é boa parte da gordura da manteiga de cacau, juntos eles diminuem a incidência de colesterol, o que torna o sangue mais puro.

Com isso, o sangue circula livremente nos vasos sanguíneos reduzindo a pressão arterial e impede a formação de plaquetas que poderiam causar o entupimento das artérias.

Efeitos no Fígado

Também por conta dos agentes antioxidantes encontrados no chocolate meio amargo, este pode oferecer muitos benefícios para o fígado, desde que ingerido com moderação. Os Flavonoides encontrados no cacau, ajudam a combater os danos que podem surgir nas veias do fígado de pacientes com cirrose e diminuem a hipertensão portal evitando grandes danos ao órgão e graves riscos ao paciente.

Sensação de felicidade

Um dos componentes encontrados no chocolate meio amargo é o Triptofano, um aminoácido considerado o precursor da Serotonina, o hormônio da felicidade. Por conta disso, a ingestão consciente de chocolate amargo também pode promover o relaxamento e combater a ansiedade, enquanto devolve o bom humor ao indivíduo e também a sensação de bem-estar e felicidade.

Outros benefícios 

  • Benéfico para a saúde do cérebro – por conta dos agentes anti-inflamatórios com ação antioxidante encontrados na fórmula do chocolate amargo, o consumo moderado deste alimento também é benéfico para o cérebro, pois ajuda na circulação natural do sangue que irrigam essa região, melhorando o cognitivo e prevenindo o AVC.
  • Controlam os níveis glicêmicos – ingerir esse chocolate também contribui para controlar os níveis de glicemia no sangue isso, graças aos flavonoides encontrados nesse alimento. Os flavonoides ajudam no funcionamento natural das células para que o organismo aproveite melhor a insulina produzida pelo corpo e com isso, previne a Diabetes.
  • Protegem contra a ação dos radicais livres – também por conta dos agentes antioxidantes encontrados nesse chocolate, este se torna muito benéfico para combater os radicais livres que oxidam as células induzindo ao câncer e ao envelhecimento precoce.
  • Benéfico para os dentes – ao contrário dos doces comuns, o consumo moderado de chocolate meio amargo também contribui em benefício com a esmaltação dos dentes. Esse benefício é possível graças a ação da Teobromina encontrada nesse alimento.

Efeitos colaterais do chocolate – os efeitos colaterais do chocolate podem acontecer mais em caso dos excessos. Entre esses efeitos podemos destacar:

  • Azia, inquietação, insônia, aumento da temperatura. Esses efeitos podem acontecer pouco tempo depois da ingestão exagerada desse alimento.
  • Formação de cálculos renais, ansiedade ou estresse mental e ganho de peso. Estes sinais chegam devagar, quase sem serem notados senão quando se instalam no indivíduo, depois de algum tempo.
Leia também:
Como fazer Leite de Alpiste para Diabetes, passos
Como Plantar chuchu em Casa, passos
Benefícios do CHIMARRÃO PARA saúde, segredos revelados
Chá para baixar a Glicose da Diabetes, os Melhores
Capsulas de CAFÉINA Para que Serve, como tomar