Comprimido e Pomada para Coceira na Vagina, As mais Indicadas

Coceira na vagina da mulher pode ser considerado um sintoma comum, pois existem diversos fatores que podem contribuir com esse desconforto, desde um problema muito simples e fácil de ser resolvido, até as situações mais complicadas como uma doença sexualmente transmissível que apresenta maior comprometimento não apenas para ela como para seu parceiro.

Por isso, é importante ficar atenta para esses sintomas, e se acaso persistirem por mais de 72 horas, melhor é não perder mais tempo e buscar por um médico ginecologista para saber com garantia o que de fato pode estar acontecendo. Por vezes, esses sintomas são tratados com alguns cuidados de higiene apenas, mas conforme a gravidade, poderá ser necessário o uso de remédio na forma de comprimido e pomada para coceira na vagina que o médico poderá recomendar para um tratamento mais específico.


Sobre esses constrangimentos no órgão genital feminino, vamos tecer alguns comentários e aproveitar para mencionar sobre os medicamentos mais recomendados pelos profissionais da saúde da mulher.

Causas de Alergia

Algumas das causas mais comuns para que aconteça a coceira na vagina da mulher são:

  • Reação alérgica – nesse caso, geralmente a coceira acontece mais na área externa da vagina,
  • Infestação por fungos ou bactérias – nesse caso, a coceira se localiza mais no interior da vagina e o sintoma pode vir acompanhado de inchaço e corrimento,
  • Infecção por Candidíase – nesse caso além da coceira tanto interna como externa, a mulher pode sentir dor e ardor ao urinar, presença de corrimento branco semelhante ao leite coalhado, mau cheiro proveniente da vagina.
  • Presença de outras doenças sexualmente transmissíveis – nesse caso, além da coceira, outros sintomas devem estar presentes para contribuir com o desconforto da mulher.


Coceira da Candidíase

A Candidíase Vaginal é um tipo de infecção considerada muito comum nas mulheres, especialmente no período de gestação. Essa infeção é causada pelo fungo Candida Albicans que habita naturalmente a flora vaginal, mas que se torna nocivo quando se prolifera por conta de alguma condição em que o sistema imunológico da mulher fica enfraquecido.

O uso de antibióticos e outros medicamentos a base de corticosteroides e a falta de higiene pessoal adequada também podem contribuir para que aconteça essas infestações com a proliferação desses fungos.

Sintomas da Candidíase

Os sintomas mais comuns que caracterizam a presença da Candidíase são:

  • Corrimento de cor branca na vagina com aparência de leite coalhado,
  • Dor e ardência durante o ato sexual ou ao urinar,
  • Coceira intensa na vagina,
  • Inchaço e vermelhidão na região íntima da mulher.

Pomada Gino Canesten 3

Gino Canesten 3 é uma das opções como comprimido e pomada para coceira na vagina que pode ser recomendado pelos médicos ginecologistas para tratar de inflamações na vagina causadas por fungos e leveduras, como, por exemplo o fugo Candida além de, outras infecções mais complicadas causadas por micro-organismos sensíveis ao Clotrimazol.

Substância ativa nesse medicamento – cada 5 gramas da pomada Gino Canesten 3 contém 100 mg de Clotrimazol.

Como usar esse medicamento – aplique a pomada com a ajuda do aplicador o mais fundo possível dentro da vagina. A aplicação deve ser feita no período da noite e o tratamento deve persistir por 3 dias ou de acordo com a recomendação médica.

Efeitos adversos mais comuns desse medicamento 

  • Queimação na região da vagina,
  • Sensação de picadas na região vaginal,
  • Vermelhidão na vagina.

Valor desse medicamento – a embalagem com 20 gramas da pomada Gino Canesten 3 mais 3 aplicadores tem um valor aproximado de R$ 61,00 reais.

Pomada Gyno-Daktarin

Gyno-Daktarin é mais uma opção como comprimido e pomada para coceira na vagina que os médicos ginecologistas podem recomendar para tratamentos de doenças causados por infecções na vaginais ou nas áreas ao redor. O medicamento é muito eficaz para combater a coceira, corrimento vaginal e vermelhidão que acontece na vagina por conta dessas infestações.

Substância ativa nesse medicamento – cada grama da pomada Gyno-Daktarin contém 20 mg de Nitrato de Miconazol.

Como usar esse medicamento – a pomada deve ser aplicada preferencialmente no período da noite com a ajuda do aplicador. O tratamento com Gyno-Daktarin deve persistir por um prazo de 7 dias ou de acordo com a recomendação do ginecologista.

Efeitos adversos desse medicamento

  • Irritação na vagina e coceira no local da aplicação,
  • Enfraquecimento no sistema imunológico,
  • Vermelhidão e/ou inchaço na vagina.

Valor desse medicamento – a embalagem com 80 gramas da pomada Gyno-Daktarin tem um valor aproximado de R$ 26,00 reais.

Fluconazol Comprimido para Fungos

Fluconazol é um medicamento na forma de comprimidos muito recomendado para tratamentos de infestações causadas por fungos como no caso do fungo Candida que causa a Balanite nos homens ou a Candidíase Vaginal nas mulheres. O medicamento também é indicado combater micoses na pele como a frieira, micose na virilha e outras complicações.

Substância ativa nesse medicamento – cada comprimido pode conter 50 mg, ou 100 mg ou 150 mg de Fluconazol.

Como usar esse medicamento – em geral, a recomendação médica é de 1 comprimido de Fluconazol 150 mg em dose única. Para tratar a recorrência das infestações fúngicas, o médico poderá recomentar uma dose única mensal de 1 comprimido 150 mg por um período de 4 a 12 meses.

Valor desse medicamento – o valor desse medicamento varia de acordo com sua apresentação.

Coceira de DSts

As doenças que podem ser transmitidas através do ato sexual são bem diversas e podem ser causadas por agentes infecciosos diferentes. Mesmo assim, elas apresentam sintomas bem parecidos, entre eles a coceira que pode ser mais intensa dependendo da gravidade da enfermidade.

As doenças sexualmente transmissíveis mais comuns que apresentam a coceira como um dos sintomas são:

  • Candidíase Vaginal,
  • Clamídia,
  • Gonorreia,
  • Herpes genital,
  • Tricomoníase,
  • entre outras.

Tratamento com Azitromicina

O tratamento com o antibiótico Azitromicina é recomendado para combater as doenças sexualmente transmissíveis como a Gonorreia e a Clamídia.

Esse medicamento atua no organismo causando a inibição da produção de proteínas pelas bactérias causadoras dessas doenças impedindo que elas cresçam e se reproduzam levando-as a morte.

Por se tratar de um antibiótico, esse medicamento só pode ser usado mediante a recomendação do médico ginecologista, pois é preciso atentar à dosagem que será indicada pelo profissional de acordo com a gravidade da doença a ser combatida.


Leia também: