Cirurgia plástica Otoplastia, Benefícios, antes e depois ( Preço )

Em nossos dias é cada vez maior o número de pessoas preocupadas com a estética e, por conta disso, sujeitam-se as mais variadas cirurgias para corrigir algum problema estético e assim sentirem-se mais tranquilas sem o risco de comentários maldosos. Com isso, também as cirurgias de orelha são indicadas especialmente para quem tem as chamadas “orelhas de abano” que também parecem uma antena parabólica.

Além da correção das orelhas de abano, a cirurgia de orelha também é indicada para corrigir problemas como: ausência congênita das orelhas e outras deformações causadas por possíveis traumas.

Por isso, vamos tratar desse assunto que interessa a muita gente que se preocupa com a aparência. Vamos falar sobre a Otoplastia com os benefícios que ela pode oferecer, além de outros detalhes com respeito a essa cirurgia.

O que é Otoplastia

A Otoplastia é uma cirurgia plástica tanto reparadora como estética realizada nas orelhas buscando reparar algum defeito existente ou simplesmente para corrigir assimetrias e melhorar a sua posição em relação ao rosto para garantir melhor aparência apenas. Em geral, essa cirurgia é indicada para corrigir problemas mais drásticos que além de influenciar esteticamente como é o caso das “orelhas de abano” também podem causar incômodo aos indivíduos.

Fotos antes de depois

 

 

 

Quanto Custa

Com respeito aos custos de uma Otoplastia, certamente que esse varia de acordo com o grau de complicação e, com isso, o médico deverá fazer uma avaliação e só depois então repassar os valores. Além disso, por se tratar de uma cirurgia de estética, os planos de saúde não cobrem os gastos da cirurgia, apenas os gastos pela consulta e exames.

Uma cirurgia de orelhas tem um valor mínimo de R$ 4.000,00 reais valor que cobre o trabalho do cirurgião, anestesista, enfermeiros de apoio e material usado na cirurgia.

Quais o Benefícios

Por se tratar de uma cirurgia estética, os benefícios da Otoplastia se resumem a satisfação dos pacientes que agora se sentem mais tranquilos com a autoestima em alta. Além disso, aqueles que sentiam algum tipo de incômodo por conta de um defeito nas orelhas, depois da cirurgia tudo será diferente.

Também precisamos lembrar que essa cirurgia pode ser realizada em crianças a partir dos 6 anos de vida. Com isso, se existir algum problema, quanto mais cedo for corrigido esse problema, menos constrangimentos essas crianças sofrerão, a começar com as chacotas dos colegas de aula.

Antes da Cirurgia

Antes da cirurgia, o cirurgião plástico logo nas primeiras consultas deverá pedir alguns exames ao paciente para verificar se não existe nenhum risco que possa comprometer essa cirurgia. Entre esses exames se encontram o exame;

  • Exame de sangue – Hemograma e Coagulograma completo, Ureia, Glicemia de Jejum, Creatinina, IgE total e IgE específico para látex
  • Exame de Eletrocardiograma
  • Exame de Urina – Urocultura e Urina de Rotina
  • Exame de Risco Cirúrgico

Além desses exames, pouco tempo antes da cirurgia, o paciente deverá interromper o uso de qualquer tipo de medicamento que possa alterar a coagulação do sangue, mas tudo com a orientação do médico responsável. O paciente também deverá fazer um jejum de sólidos e líquidos por pelo menos 8 horas.

A Otoplastia é considerada uma cirurgia de porte médio realizada em um ambiente cirúrgico, mas o paciente em alguns casos recebe alta no mesmo dia.

Já a partir de uma primeira consulta, o indivíduo interessado em realizar a cirurgia precisa ser orientado sobre os prós e contras dessa cirurgia, tudo com base nos exames que serão requisitados.

Em geral, no preparo para a cirurgia, o paciente recebe uma anestesia local com sedação e o trabalho cirúrgico dura em torno de 60 a 90 minutos dependendo do que será feito na cirurgia.

Como se sabe, toda intervenção cirúrgica envolve alguns riscos, mesmo uma cirurgia de orelhas, por isso, é necessário um cuidado especial com os exames pré-cirúrgicos e também os cuidados especiais após a cirurgia e é imprescindível que os pacientes também sejam avisados sobre os riscos.

Depois da Cirurgia

Após a cirurgia será receitado alguns tipos de medicamentos para prevenir os inchaços, possíveis inflamações e infecções e também os medicamentos que aliviam a dor e as irritações.

Com a escolha de um cirurgião plástico capacitado e os devidos com os exames feitos e avaliados antes da cirurgia, é muito provável que tudo ocorra dentro do esperado com uma total satisfação do paciente. Porém, não podemos descartar os riscos de possíveis complicações após a cirurgia, tais como:

  • Sangramento
  • Assimetria ocasionada por um planejamento errado da cirurgia
  • Possíveis infecções ocasionadas por descuidos pós-operatório
  • Riscos por conta de intolerância a anestesia
  • Dor que pode perdurar por um tempo maior do que o normal
  • Contornos irregulares na pele devido a falta de cuidado no momento da cirurgia
  • Alteração na sensibilidade da pele na região atingida pela cirurgia
  • Reações alérgicas causadas por material utilizado durante a cirurgia ou mesmo em curativos
  • Necessidade de uma nova cirurgia

Ainda é importante lembrar que uma cirurgia de estética para solucionar problemas na orelha, não significa um sucesso total, pois com o tempo os efeitos do envelhecimento tendem a afrouxar novamente as orelhas com a queda dos tecidos. Além disso, quanto maior o problema, menores são as chances de se conseguir ótimos resultados com a cirurgia e com isso, mesmo após essa cirurgia, ainda podem sobrar algumas assimetrias para desagradar o paciente.

Leia também: