Remédio para Tratar Gastrite e Dor de Estômago

Problemas estomacais como uma simples dor provocada por um alimento indigesto ou mesmo as temidas gastrites apontando um problema mais sério, são cada vez mais comuns em nossos dias, pois tudo colabora para isso, especialmente os alimentos de má qualidade que muitas vezes nos obrigamos a ingerir por conta de uma refeição apressada.

Existe um ditado muito antigo que diz: “Se está nervoso, não coma”, pois o nervosismo dificulta uma digestão, mas quem está preocupado com isso hoje? Multidões se alimentam apressadamente todos os dias, preocupadas com o trabalho que não espera, sem se dar conta de que muitas vezes, estão acumulando males sobre si, por vezes irreparáveis.


Sintomas, Quadros de Crise

Entre os sintomas que aparecem demonstrando a presença de gastrite no estômago podemos destacar:

  • Leve queimação – quando tudo começa
  • Azia – essa pode ser moderada mas aumentar de intensidade dependendo da gravidade do problema
  • Arrotos frequentes – o arroto é normal na vida do ser humano, mas nunca em excessos que por vezes vem acompanhado de queimação
  • Dor de cabeça com certa frequência, sempre após uma refeição mais pesada
  • Emagrecimento
  • Falta de apetite
  • Excesso de gases
  • Vômitos
  • Refluxo
  • Fezes escuras com certa frequência
  • Sensação de fraqueza
  • Desconforto na região abdominal

Ainda existem os quadros de crise em que a dor e queimação no estômago é mais forte e intermitente quando em cada arroto parece que o estomago está pegando fogo e as labaredas vão sair pela boca. Isso pode acontecer por conta de uma alimentação toda imprópria para o indivíduo ou por conta de alimentar-se em um momento em que a preocupação toma conta dos pensamentos.

O que causa Ulceras e Gastrite

Com respeito as causas para as úlceras e gastrite estomacal, estas são bem variadas, pois tanto podem ser causadas por uma alimentação imprópria como por algum vício maléfico como alcoolismo, tabagismo ou o uso de outras bebidas estimulantes impróprias para o ser humano. Podemos então relacionar algumas dessas causas.


  • Café
  • Refrigerantes
  • Bebida alcoólica independente do grau alcoólico
  • Estresse
  • Alimentos de difícil digestão como a carne, por exemplo
  • Ingestão de alimentos muito condimentados
  • Ingestão de alimentos muito quentes

Também devemos lembrar que as úlceras e gastrite podem ser causadas pelo H. Phylori que é a principal responsável pela gastrite no estado crônico.

Remédio Hidróxido de alumínio

Como remédio para tratar gastrite e dor no estômago podemos citar o Hidróxido de Alumínio que é muito eficaz no combate a todo tipo de irritação no estômago.

Substância ativa – cada 5 ml do medicamento contém 60 mg de Hidróxido de Alumínio.

Como usar – o recomendável para o tratamento é de 2 a 4 comprimidos mastigáveis, 1 hora depois das refeições, ou segundo a recomendação médica.

Efeitos adversos – por possuir ação adstringente, esse medicamento pode causar alguns desconfortos como náuseas e até mesmo vômitos. Já em situações com doses exageradas ele ainda pode causar constipação ou mesmo obstrução intestinal.

Remédio Omeprazol

O Omeprazol é um medicamento encontrado em cápsulas de 10 mg, 20 mg e 40 mg indicado no tratamento de úlceras pépticas estomacais e duodenais.

Substância ativa – cada cápsula pode conter 10 mg, 20 mg ou 40 mg de Omeprazol além de outros componentes.

Como usar  – a dose recomendada para os adultos e crianças dependerá do problema a ser tratado. Nesse caso, o médico responsável é que vai determinar o tratamento depois de analisar cada caso.

Atenção – como todo medicamento químico, esse medicamento também tem suas contra-indicações e efeitos colaterais, por isso, deve ser usado com cautela sempre sob orientação médica.

Preço – o valor desse medicamento depende de sua apresentação.

Remédio Ranitidina

A Ranitidina é um remédio para tratar gastrite e dor no estômago que é encontrado na forma de xarope, injetável e comprimidos. O medicamento é indicado no tratamento de úlceras estomacais e duodenais, refluxos, excesso de acidez estomacal e outras complicações do aparelho digestivo.

Substância ativa

  • Comprimidos – cada comprimido apresenta 150 mg ou 300 mg de Cloridrato de Renitidina
  • Xarope – cada ml do xarope de Renitidina contém 15 mg de Cloridrato de Renitidina
  • Injetável -na forma injetável cada ml do medicamento contém 25 mg de Cloridrato de Renitidina

Como usar esse medicamento 

Xarope – uma dose única de 300 mg ao dia ou dividida em duas doses de 150 mg e nos tratamentos mais prolongados, a recomendação é de uma dose de 150 mg diário ingerida no período da noite antes de ir para a cama.

Comprimidos – duas doses de 150 mg ao dia ou uma dose única de 300 mg ingerida no período da noite.

Injetável – nesse caso, a dose deve ser recomendada diretamente pelo médico responsável pelo tratamento do paciente.

Nota – esse medicamento também tem seus efeitos adversos, por isso, deve-se tomar muita atenção durante o tratamento.

Metronidazol combate infecção causada por H. Pylori

O metronidazol é um remédio para tratar gastrite e dor no estomago que é indicado para crianças a partir de 12 anos de idade e também para adultos. O medicamento tem muita eficácia no combate a infecções causadas por bactérias como o H Pylori.

Substância ativa – cada comprimido contém 250 mg de Metronidazol.

Como usar – a dose recomendada deve ser recomendada pelo médico que vai levar em conta a situação clínica de cada paciente.

Alguns efeitos adversos desse medicamento usado por via oral:

  • Náuseas
  • Vômitos
  • Cólicas abdominais
  • Diarréia
  • Entre outros efeitos.

Leia também: