Como plantar cactos coloridos e Cultivar para decorar

Uma decoração feita com cactos é apreciada pela maioria das pessoas, sejam eles plantados no jardim diretamente no solo ou então em vasos. Porém é preciso atentar para alguns cuidados para que o cultivo possa ser feito e existem alguns detalhes que se não forem observados, muito provavelmente essas plantas não mostrarão toda a sua beleza.

Por isso então, vamos agora tecer alguns comentários sobre como plantar cactos coloridos e facilitar então a vida dos jardineiros principiantes que desejarem cultivar essas plantas.

Conhecendo os Cactos

Existem espécies bem variadas de cactos com seus tamanhos e cores bem distintos. Por conta disso, é só saber escolher entre as espécies para formar bonitos trabalhos ornamentais, seja com as espécies maiores para serem plantadas em jardins ou então as espécies menores ou mini para serem cultivadas em vasos com seus tamanhos também variados.

Algumas espécies de cactos são tão fáceis de serem cultivados que basta cair um pedaço deste no solo que em pouco tempo começa a soltar raiz e se desenvolver. Outros já exigem maior cuidado, mas o bom no cultivo dessas plantas é que por serem muito ricos em água, se adaptam facilmente no solo e não exigem um cuidado maior com as regas.

Os cactos são plantas ideais para serem cultivadas por pessoas que não tem muito tempo de sobra para cultivar um jardim, pois de fato, elas exigem poucos cuidados, mesmo as espécies plantadas em vasos. Como eles possuem origem em ambientes áridos e quentes, são bem mais resistentes a condições mais duras e com isso, necessitam de menor irrigação, fertilização e também manutenção.

Entre as espécies mais buscadas para cultivo em vasos podemos citar:

  • Cereus Repandus Var Monstrosus,
  • Cereus Repandus Flórida,
  • Cacto Bola ou Cadeira de Sogra,
  • Cacto Cereus
  • entre outras espécies.

Solo e iluminação

Para aqueles que desejam saber como plantar cactos coloridos, o plantio dessas plantas ornamentais, seja no jardim ou em vasos, o ideal é colocar cerca de 30 cm de pedras ou argila expandida para depois acrescentar a terra adubada que deverá ser misturada com areia lavada em uma proporção de 2/2. Para o cultivo o solo não pode ser encharcado, o que poderá fazer com que os fungos proliferem ou mesmo a raiz apodreça matando a planta.

Quanto a iluminação, os cactos se dão muito bem em local onde a luz do sol é constante, porém, ele também se desenvolve em locais com pouca luz, desde que ela não falte.

Vasos ideais

Com respeito ao tipo de vasos, certamente que os mais apropriados são aqueles de cerâmica, especialmente se as plantas serão cultivadas em local fora do jardim, como, por exemplo na varanda. Também são bons, os modelos de vaso de concreto, mas é importante adequar os tamanhos desses vasos, de acordo com o tamanho de cada planta, pois as raízes precisam de um bom espaço para se desenvolverem.

Como plantar, cultivar

Para o melhor desenvolvimento do cactos, prepare a terra misturando cascalho, areia, e adubo com nitrogênio ou fósforo que pode ser buscado nas casas agropecuárias. Nesse caso, para maior garantia, busque pelas lojas mais especializadas que poderão fornecer outras informações que poderão ser úteis quanto ao cultivo dessas plantas.

Para o momento do plantio, previna-se com um par de luvas para não se machucar com os espinhos e então coloque a muda da planta na terra já preparada, mas prefira locais onde a luz do sol incida sobre a planta pelo menos 6 horas por dia e nunca em locais onde ela possa ser abafada por outras plantas.

As mudas em vasos

Para plantar as mudas em vasos, a terra deve ser preparada da mesma forma que se prepara para o jardim no solo, ou seja, mistura-se a terra, areia lavada, nitrogênio ou fósforo e cascalho, sempre com uma proporção de acordo com o tamanho do vaso. No momento de plantar então, basta fazer uma pequena cova no vaso, plantar as mudas e pronto, esperar para que comecem a se desenvolver.

Sobre a irrigação, apesar dos cactos serem acostumados a viverem sobre condições severas com muita aridez e quase nada de água é necessário que a rega aconteça pelo menos 1 vez ao mês, quando se trata de vasos. Já para as plantas cultivadas no chão em contato com a terra, é preciso avaliar a necessidade das regas observando a umidade do solo.

Se porventura for detectado a presença de fungos nas plantas nos vasos será necessário retirar a planta do vaso, escová-la com cuidado e depois lavá-la com água e sabão neutro. Para evitar que essas infestações voltem, é importante remover todos os vestígios e verificar também na terra se acaso esses fungos não se encontram escondidos junto à raiz.

Decore com pedrinhas

Ainda para aqueles que desejam saber como plantar cactos coloridos, para decorar os vasos, por ser uma planta que não necessita de regas frequentes e pouco se importa com o solo seco, uma boa ideia é decorar com pedrinhas que podem ser escolhidas a gosto, desde que sejam em tamanhos condizentes com o vaso ou com o canteiro no chão onde as plantas estarão plantadas. Além disso, quem precisa se destacar são os cactos não as pedras, por isso, seja criativo e faça pelo melhor para que a ornamentação fique bem harmoniosa.

 

Leia também: