Como Plantar Rosa do Deserto fazer mudas e Cuidar

Originária da região sul da África e também da Península Arábica, a Rosa do deserto é uma planta que causa um grande impacto visual nos jardins devido a sua beleza e presença. Por isso, para quem tem espaços no jardim, saber como plantar Rosa do deserto pode trazer muitas vantagens, tanto para embelezar o próprio jardim como para quem sabe, comercializar as mudas.

E para aqueles que desejarem aprender mais sobre essa planta que não exige muitos cuidados para manter-se formosa, vamos, a partir de agora, tecer alguns comentários para que esse arbusto se torne mais conhecido.

A planta

Também conhecida como Flor do Deserto, o nome científico da Rosa do Deserto é Adenium Obesum pertencente à família das Apocynaceae. Essas plantas na natureza costumam crescer até 4 metros de altura e ocupam um espaço equivalente a 1,5 metros de largura.

Ainda não muito conhecida no Brasil, a Rosa-do-deserto, tem ganho muitos apreciadores que buscam por espécies diferenciadas para ornamentar jardins com seus tamanhos bem variados.

E para aquelas pessoas que gostam de cultivar suas plantas, mas nem sempre tem um tempo disponível para os cuidados, mais uma vantagem, pois depois de plantadas, esses cuidados são quase nada, desde que o plantio seja feito de maneira correta.

Como plantar

Essa planta pode ser cultivada tanto por sementes como por estacas. Os troncos semelhantes aos grandes Boabás só podem ser conseguidos se o plantio é feito com sementes e para deixar a planta ainda mais atraente, o segredo é deixar a parte superior das raízes mais expostas, fora da terra, sempre que é feito a muda para o local definitivo.

O replantio das plantas devem ser feitos a cada 2 ou 3 anos enquanto ela se desenvolve normalmente. Além disso, quando precisar de podas, estas devem ser feitas com cuidados para que a planta não fique deformada e perca seu valor decorativo.

Importante – essa planta possui em sua seiva, propriedades tóxicas. Por isso, não esqueça de proteger-se com luvas, sempre que for fazer o manuseio da mesma, seja para replantio ou para podas.

Clima e Regagem

Essas plantas são semelhantes aos cactos e se desenvolvem muito bem em local ensolarado e temperatura mínima de 10º C. Quanto aos cuidados com as regas, já adiantamos que essas plantas não exigem muita água e é importante oferecer-lhes água sem cloro para garantir-lhes a saúde, especialmente das raízes.

Além disso, o excesso de água, mesmo nos meses de verão com sol muito quente, pode favorecer o apodrecimento dessas plantas, a começar pela raiz.

O solo ideal

O solo precisa ser rico em nutrientes e é preciso ter uma atenção especial com a drenagem, lembrando que a água demais para a planta vai fazer mal. Com respeito aos fertilizantes, as melhores opções são sempre os fertilizantes orgânicos que se fixam melhor na terra e com isso, não são eliminados quando, por algum motivo a umidade se tornar exagerada.

Também é importante lembrar que, antes de fazer o plantio, todo o preparo do solo deve ser feito com antecedência para que a mistura do solo se torne homogênea e esteja úmida para o momento do plantio.

Cultivo em Vaso

Para quem desejar saber como plantar Rosa-do-deserto em vasos, deve-se ter todo o cuidado para que o substrato fique bem arejado, pois o excesso de água causa o apodrecimento das raízes e a sua morte. Nesse caso, o fundo do vaso com furos deve receber uma tela para proteger a raiz não deixando que saia do vaso e para evitar que o substrato vaze pelos furos.

A mistura dos substratos deve ser feita com 50% de areia grossa, 20% de cascas de árvore,  trituradas, 20% de terra e mais 10% de esterco bem  curtido.

Para o preparo das mudas, providencie vasos de plástico e coloque neles a mistura de 20% de terra, 70% de areia e mais 10% de carvão moído. Depois de colocar tudo no vaso, plante as sementes deitadas com um distanciamento de 15 cm entre elas e então cubra com substrato peneirado e respingue um pouco de água por cima, lembre-se que as plantas não precisam muita água.

Cubra o vaso com um plástico transparente e deixe-o em um local ensolarado. Aproximadamente 10 dias após, as sementes começam a germinar e quando se formarem 5 pares de folhas já poderão ser transferidas para o vaso ou local definitivo.

Quanto custa no vaso

O valor de uma planta Rosa-do-deserto no vaso, pode ser bem variado, pois precisamos levar em conta o desenvolvimento da muda e também a espécie plantada. Existem alguns distribuidores no mercado que oferecem mudas a partir de R$ 150,00 reais ou menos ainda, mas é preciso pesquisar para se conseguir fazer o melhor negócio.

A floração

Para aqueles que quiserem aprender como plantar Rosa do Deserto podem sentir-se mais motivados quando começarem a surgir as flores. Estas são obtidas das plantas mais jovens com apenas 15 a 20 cm de altura.

Comumente, a floração se dá na primavera, mas existem espécies que também florescem no verão e no outono. As flores tem uma forma tubular, com cinco pétalas lembrando muito a flor da Espirradeira e Jasmim-manga, porém, as cores são bem variadas, indo do branco ao vinho escuro e tons de rosa e vermelho.

Enfim, existem muitas espécies da planta e cada uma apresenta seus detalhes bem característicos nas flores, cada com sua graça bem peculiar.

 

Leia também: